Share |

Sobre: Notícias

Novembro 10, 2015

"O Bloco à escuta dos seus eleitores"

Outubro 21, 2015

No sábado, 24 de Outubro, às 17h, na sede concelhia (Av. da República, 396 - s5) um convívio acolhe os novos aderentes do Bloco no concelho de Gaia. A entrada é livre.

Outubro 28, 2012

 

Globalmente, a sessão do dia 11 de Outubro na Assembleia Municipal representa uma página negra na história da democracia local em Vila Nova de Gaia. Mesmo com os votos contra do B.E. e da CDU, a pronúncia sobre a extinção de 8 freguesias foi aprovada com os votos a favor do PS, PSD e CDS.

Abril 7, 2018

No cimo da hierarquia do capital, nas grandes empresas multinacionais, situam-se os gestores do topo e os acionistas. Estes últimos em regra consideram a empresa como um meio para a valorização dos seus títulos nos mercados financeiros. Para tal exigem lucros elevados e uma generosa política de distribuição de dividendos, condicionando os investimentos e procurando aumentar as cotações das suas acções para as venderem rápido. Assim transmitem aos seus gestores de topo, interessados na apreciação do seu labor, remunerações em opções de acções da empresa ou seguros milionários. Recentemente em Portugal uma empresa (CTT) decidiu distribuir dividendos pelos acionistas mesmo tendo prejuízos, o que no mínimo é aberrante.

Fevereiro 10, 2017

Para as Autárquicas 2017, só a população é que sabe do que é realmente prioritário para construir as bases programáticas das nossas candidaturas.

Dezembro 24, 2016

A Concelhia do Bloco de Esquerda de Vila Nova de gaia, deseja umas Boas Festas para todos os gaienses...

Outubro 15, 2016

Pedir aos 1% mais ricos do país que participem no esforço de aumentar o rendimento a um milhão de pensionistas pobres é uma questão de justiça.

Maio 18, 2016

Comunicado da Comissão Coordenadora concelhia do Bloco de Esquerda de Vila Nova de Gaia, a propósito do Festival Marés Vivas e das questões que se têm levantado quanto à sua localização na edição deste ano.

Maio 17, 2016

Perto de uma centena dos trabalhadores da CaetanoBus, voltaram nesta terça-feira a fazer uma hora de greve (10h30 às 11h30). 

Onde esteve presente o deputado da Comissão do Trabalho e Segurança Social José Soeiro, eleito pelo BE

Outubro 27, 2014

No passado dia 25 de Outubro, a coordenadora do Bloco de Esquerda Catarina Martins visitou as docas de pesca da Afurada, em Vila Nova de Gaia, num encontro entre os pescadores e representantes do Bloco de Esquerda.

O encontro desenrolou-se nas instalações da antiga Junta de Freguesia de São Pedro da Afurada, à beira rio. Para além de Catarina Martins do BE, marcaram presença dezenas de pescadores detentores de pequenas embarcações, o deputado municipal do Bloco de Esquerda em Gaia Luís Monteiro, o eleito na União de freguesias de Santa Marinha/Afurada do Bloco Joaquim Viana e mais alguns elementos da Concelhia do BE.

Julho 20, 2014

O Bloco de Esquerda de Vila Nova de Gaia lança a segunda publicação do seu Boletim Municipal. Reabilitação Urbana é o destaque deste exemplar.

Julho 3, 2014

Para inverter a tendência dramática da de­mografia, tem de haver no domínio económico uma clara política de cria­ção de emprego e de melhoria do quadro das relações laborais. É necessário estabili­dade e recursos para se ter filhos.

Quando não há emprego, quando não há estabilidade nas relações laborais, quando não há um salário decente, a natalidade será um problema, visto que, não se pode pe­dir às pessoas que tenham filhos quando tem o seu futuro hipotecado e os filhos são para toda a vida, não só para um mês ou para seis meses, como nos contratos de trabalho precários.

Abril 14, 2013

No próximo Sábado dia 20 de Abril, pelas 16 horas, vai decorrer na Sede dos Mareantes do Rio Douro a apresentação dos primeiros candidatos do Bloco de Esquerda à Assembleia Municipal de Câmara de Gaia.

A Sessão conta com a presença da coordenadora do BE Catarina Martins.

Abril 2, 2013

O Decreto-Lei n.º 96/2012, de 23 de abril, aprovou a nova orgânica da Inspeção-Geral de Finanças (IGF) e extinguiu a Inspeção-Geral da Administração Local (IGAL), fundindo-a na IGF. Desde então, os relatórios das inspeções às autarquias realizados pela IGAL, que eram de acesso livre desde 1995, deixaram de estar disponíveis. A prática era a de divulgação integral desses documentos, incluindo os anexos, à exceção de matéria em segredo de justiça.